Sobre o desabamento da Renascer.

Não gosto de expressar minha opinião em momentos de tragédia, ela sempre é superficial e parcial, mas não consigo entender como no Brasil em menos de 12h qualquer brasileiro já sabe os motivos da tragédia, os culpados e as sentenças cabíveis. Mas, muito antes de qualquer teto desabar a conduta moral da Renascer já vinha desabando, vitimando espiritualmente muitas pessoas. Apesar disso, não é momento de se discutir esse ponto, não foi isso que causou a tragédia. Algumas pessoas, apressadamente, têm corrido para dizer que isso foi um castigo divino. Discordo completamente disso, Deus não castiga.
Já há, também, aqueles que falam em negligência, que a liderança é responsável. Leigos afirmam categoricamente que o prédio não tinha estrutura, que o som era muito alto, que o teto tinha cupim. Conversa. Ninguém sabe ainda o que aconteceu.
Sei apenas que pessoas, independente de seu credo ou posição doutrinária estão sofrendo muito e por isso lamentamos. Entendo esse ser um sinal de que é tempo de que cristãos de todas as denominações se unam no sentido amenizar a dor das famílias e dos sobreviventes. Que orações sejam levantadas a Deus por eles. Entendo que esse é o sinal de que a igreja mostre que não depende de templo algum para adorar a Deus, que nós cristão adoramos a Deus em espírito e em verdade.
Há fatos que não podemos negar, choveu muito nos últimos dias, isso pode ser determinante? Não sei. Há coisas que o tempo, as investigações, justiça... irão dizer. Sei que tetos desabam, metrôs desmoronam, aviões caem. Sei que perder alguém que se ama é complicado. Mas sei que passar por essas situações sabendo que Deus está ao seu lado é muito mais consolador.
Que Deus tenha misericórdia de nós



Escrito por Alexandre Luquete às 13h08
[] [envie esta mensagem] []



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


Histórico
    Categorias
    Todas as mensagens
    Muito pessoal
    Bobagens
    Coisas sérias


    Votação
    Dê uma nota para meu blog


    Outros sites
    Meu bloguinho antigo
    Querensa
    QQQ